-| footerfacebookicon   footertwittericon  footerrssicon

gatos

Otite

Dicas Lab Animal_010A otite é a inflamação do ouvido. Uma patologia muito comum, que pode passar desapercebida, caso os donos não percebam a coceira. Muitas pessoas não sabem que ao balançar a cabeça o animal está coçando as orelhas e esse é o principal sintoma.

Esta doença é mais comum nos animais de orelhas longas, mas isso não significa que as outras raças estejam livres. É muito importante sempre observar o animal quanto a mudança de comportamento e vermelhidão ou até mesmo um aumento da secreção, mudança de cheiro ou sangue nas orelhas.

Ao perceber tais alterações leve o animal o mais rápido possível ao médico veterinário, pois essa inflamação pode gerar uma infecção que se torna grave, podendo causar até a um dano cerebral, nos casos mais graves.

Um bom exame para ajudar o clínico a escolher o melhor antibiótico, é a cultura de bactérias com antibiograma, onde são testados diversos antibióticos e se pode descobrir qual realmente fará efeito para determinada bactéria. Para realizar este exame o animal deve estar pelo menos uma semana sem usar medicamento tópico ou via oral, a fim de evitar interferências e resultados falsamente negativos.

Algumas vezes fungos também estão presentes e neste caso o exame realizado é a cultura de fungos, é importante descobrir qual parasita está causando o problema, para saber qual medicamento usar.

O tratamento deve ser feito com precisão para obtermos sucesso e a prevenção deve ser constante.

 

Fica a dica: ao banhar seu animal sempre proteja as orelhas, evitando contato com a água para que elas permaneçam secas.

 

 

Diabetes

Dicas Lab Animal_09Olá pessoal.

Hoje estamos aqui para falar sobre um assunto cada vez mais comum em nossos animais: diabetes!

Os animais com diabetes começam a tomar mais água e fazer mais xixi. Muitas vezes fazem xixi em locais onde geralmente nunca fariam, para nos mostrar que existe algo de errado com eles! O animal também pode emagrecer.

Ao perceber essas mudanças é necessário procurar um veterinário que irá pedir um exame de sangue simples: Glicemia.

Para realização do exame é necessário ficar pelo menos 8 horas em jejum alimentar. A glicose estará acima dos valores de referência para a espécie, por isso o jejum é tão importante! E, assim, fecharemos o diagnóstico de diabetes.

O tratamento é feito com a reposição do hormônio Insulina. Esta doença pode ser controlada com alimentação específica, horários mais regrados e mudança em alguns hábitos, o que dá qualidade de vida ao animal e ele retornará a uma vida normal e mais saudável.

Para evitar que uma doença dessas nos pegue de surpresa, é indicado realizar a cada 6 meses um check-up em seu animal, incluindo nos exames de sangue de rotina a dosagem de glicose.

 

 

Infecção de urina.

Dicas Lab Animal_08Muitos cães e gatos têm infecção de urina. Isso ocorre principalmente em animais que, por algum motivo, retém urina. Pode acontecer também por estresse e por predisposição a formação de cristais.

O animal sentirá dor ao urinar, irá se lamber com maior frequência e pode apresentar urina avermelhada, o que pode ajudar seu proprietário a perceber o problema. Eles podem também apresentar febre.

Na consulta, o médico veterinário irá solicitar exame de Urina tipo I e cultura com antibiograma da urina. A urina é coletada no Lab Animal por uma punção diretamente na bexiga, com agulha e seringa estéreis e guiada por ultrassom.

Esses exames revelam informações importantes para que o médico entre com o medicamento específico para determinada bactéria e provavelmente faça a troca da ração a fim de evitar a formação de cristais, mudando o pH da urina e evitando a formação de cálculos.

Fica a dica: mantenha sempre água a vontade para seu animal e não o deixe muitas horas sem urinar.

Diarreia

Dicas Lab Animal_07Os animais estão bem e, de repente, uma diarreia! Fezes pastosas a líquidas.

Não precisamos nos desesperar, a diarreia é uma forma de expulsar algo ruim do corpo.

Pode ser causada por uma alimentação inadequada, por mudança abrupta na dieta, por alguma doença como um verme, um vírus ou uma bactéria, por defeitos na digestão, por medicamentos e até pela ingestão de um corpo estranho, como por exemplo uma bolinha!

Por isso, os donos devem prestar atenção na quantidade de vezes e intensidade desse problema, persistindo, deverão levar o
animal ao veterinário para uma avaliação.

O veterinário avaliará as possibilidades e pedirá exame de fezes, podendo encontrar parasitas ou distúrbios alimentares, exames que possam mostrar um corpo estranho, como ultrassom e raio x, além de exames de sangue, que possam confirmar uma patologia.

Fica a dica: Sempre forneça água filtrada ao seu animal, mantenha a vacinação e vermifugação em dia, não troque abruptamente a alimentação e presenteie com brinquedos de acordo com seu porte.