-| footerfacebookicon   footertwittericon  footerrssicon

quimioterapia

Outubro Rosa Pet

Dicas Lab Animal_012Estamos no mês de Outubro, mês em que tentamos conscientizar as pessoas sobre o câncer de mama que afeta tantas mulheres no mundo todo e tem um alto índice de mortalidade.

Aproveitamos para divulgar que os nossos pets também podem ter esta doença.

Então gostaria de pedir para vocês, donos, também que durante o carinho, a brincadeira com seu pet sempre palpar as mamas de nossas gatinhas e cadelinhas e quando sentir algum “caroço” ou qualquer anormalidade devem procurar um médico veterinário.

Geralmente após examinar, ele irá indicar uma citologia deste nódulo, que nada mais é do que puncionar o local com uma agulha fina várias vezes e depois observar no microscópio, o patologista poderá nos dizer se este material é uma inflamação, gordura, infecção, tumor benigno ou até maligno e em raros casos o patologista pode não fechar o diagnóstico e sugerir que seja feita a retirada da mama, com uma boa margem de segurança para fazer o histopatológico e ai sim, saber exatamente do que se trata.

A medicina veterinária já possui tratamentos como por exemplo a quimioterapia, que irá aumentar a qualidade de vida do animal e talvez melhorar sua expectativa de vida! É importante também investigarmos a possibilidade de metástase, que acontece quando o tumor atinge outro órgão do animal, utilizamos raio X do tórax para excluir metástase em pulmão, por exemplo, usamos o ultrassom abdominal para descartar que possa ter se espalhado a doença para fígado, baço, rins, entre outros órgãos e tudo isso ajudará o oncologista a seguir o melhor caminho para ajudar seu pet a passar por essa batalha contra o câncer com qualidade de vida!

Esse assunto torna-se um tabu por ter um prognóstico reservado, mas acreditamos que quanto mais informação os donos tiverem, mais cedo poderemos diagnosticar essas alterações e tratar o quanto antes também!

Vale ressaltar que a castração por diminuir a quantidade de hormônios circulantes pode diminuir bastante o risco de tumor de mama, elevando a expectativa de vida consideravelmente!